O Primeiro Tratado sobre Paralisia Facial Publicado no Brasil

Escrito por Especialistas de Renome em Diversas Áreas da Saúde

Postado em 11/05/2018


Em 1984, foi inaugurado o Ambulatório de Paralisia Facial no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP por iniciativa do Prof. Dr. Ricardo Bento da Otorrinolaringologia com os colegas Prof. Dr. Antônio José Tedesco-Marchese da Neurocirurgia e Prof. Dr. Marcus Castro Ferreira da Cirurgia Plástica. Foi o embrião de um grande projeto que beneficiou o serviço público em mais de 10.000 atendimentos em 33 anos de atividade, várias teses de Doutoramento, inúmeros projetos de pesquisa clínicos e experimentais e mais de 100 trabalhos publicados.

É, até hoje, um exemplo da moderna medicina multidisciplinar para um melhor atendimento aos pacientes, em que a otorrinolaringologia, neurocirurgia, neurologia, cirurgia plástica, cirurgia de cabeça e pescoço, oftalmologia, radiologia, clínica médica e fisiatria se juntam a outras áreas da saúde como a fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia para o tratamento integrado do paciente.

Escrito por especialistas de renome em diversas áreas da saúde, este é o primeiro Tratado sobre paralisia facial publicado no Brasil, com base em mais de três décadas de experiência. Nele, o leitor pode encontrar desde a embriologia, anatomia, fisiologia e fisiopatologia até o diagnóstico da paralisia facial, suas diferentes etiologias e seu complexo tratamento e reabilitação. Aproveitem a leitura e utilizem em sua prática diária.