PERFIL MÊS: DRA. ANA ADELINA

Aluna Especial do Doutorado Hc-Fmusp


18/04/2016

Formada pela Universidade de São Francisco, a otorrinolaringologista Dra. Ana Adelina Giantomassi Della Torre nasceu em 25 de setembro de 1981, em São José do Rio Pardo, estado de São Paulo. “Sou a filha do meio de uma família composta só por mulheres. Meus pais são comerciantes – Valter Della Torre e Virginia Della Torree morei onde nasci até os 17 anos quando fui morar com minha tia Melânia, em Ribeirão Preto para estudar e me preparar para o vestibular de Medicina”, lembra a médica.

A escolha pela profissão surgiu na infância já que em todas as brincadeiras infantis, Ana Adelina era a médica. “Adorava ir ao otorrino e contar quantas letras continha a palavra  OTORRINOLARINGOLOGISTA. Só não imaginava um dia que seria um deles’, diz.

Somente no quarto ano da faculdade, quando fez um estágio em Portugal, com o Prof. Mario Andrea, a então futura médica, decidiu-se pela Otorrinolaringologia. “Descobri o amor pela otorrinolaringologia quando, ao final de cada cirurgia, eu tinha como tarefa sentar em frente de um microscópio e colocar pedacinhos de papel com uma pinça delicada dentro de uma cuba”, continua.

A residência médica foi feita na Faculdade de Medicina de Jundiaí e fellowship de Otologia e Neurotologia, no HC-FMUSP. “Durante o fellow, aproveitei para fazer uma especialização em Audiologia na Universidade de Salamanca – Experto em Audiologia –, na Espanha, em 2014 e, agora, estou como aluna especial do doutorado. Não tenho dúvida que a Otologia e Audiologia são minhas grandes paixões”, diz ela.

           

Projeto Reouvir

Durante a residência médica, Dra. Ana Adelina teve o prazer de conhecer as novas tecnologias na área de Otologia (próteses implantáveis, implante coclear e aparelhos de amplificação sonora). “Tive certeza do que eu queria para minha vida – dar a oportunidade ao paciente de escutar novamente”, afirma a otorrinolaringologista.

Envolvida em um projeto de colaboração em pesquisa entre a Universidade de São Paulo e a Universidade de Salamanca – Espanha, Dra. Ana Adelina também faz parte da equipe do Reouvir. “O primeiro projeto é muito importante para mim. Com o apoio do Prof. Dr. Ricardo Ferreira Bento e de toda a equipe de Otologia, conseguimos a sua aprovação mesmo concorrendo com trabalhos de todas as áreas. E além do Reouvir, também participo da Reunião Geral do Ouvido e do Pronto Socorro”, continua.

Segundo a médica, trabalhar no Reouvir é extremamente gratificante. “Diariamente, devolvemos ao paciente a alegria de escutar. São muitos idosos que saem do isolamento, devido à perda da audição e isso é muito especial. Sou muito feliz com o meu trabalho. Poucos têm a oportunidade de trabalhar reabilitando o paciente e dando-lhe a oportunidade de uma vida melhor e mais feliz! A gratidão que recebo de todos eles é formidável!”, relata a médica.

 

Fundação Otorrinolaringologia

Para a Dra. Ana Adelina, o trabalho da FORL é essencial. “Além de promover os congressos e cursos com excelência, nos apoia em projetos e estudos. A Fundação proporciona aos otorrinolaringologistas, oportunidade de mantê-los bem informados sempre”, comenta.

Com casamento marcado para esse ano, a médica é apaixonada pelos sobrinhos Beatriz, de 4 anos e Rafael, de 4 meses, filhos da irmã mais velha. E, além de visitá-los sempre que possível, participa de corridas em várias cidades. “Tornou-se minha terapia desde 2013. Nesse ano, estou me programando para fazer três meias maratonas – uma em maio, outra em julho e a última, em setembro”, finaliza a médica.